Filme: Nation

nation

Com uma narrativa pouco explorada no filme, o mesmo tenta mostrar a falta de espaço que há para o País com apresentação do arranha-céu, podendo ser representado por todos os cidadãos, que moram em um local e não tem espaço suficiente para opinar. Como claro exemplo disso podemos observar a questão política do Brasil, a qual caminha conforme o melhor para os governantes, e a população enquanto isso se manifesta com greves e protestos, pois a sociedade esta corrompida pela impunidade e quando ações que expressem o chega nessa impunidade a primeira atitude é punir as ações de expressão e liberdade e não resolver os problemas apontados.

Ano: 2012

Direção: Larissa Sansour

Gênero: Ficção; Experimental

Anúncios

Filme Montanha em Sombra

mont em sombra

Um dos queridinhos dos cineastas é o festival Kinoforum, festival internacional de curta-metragens de São Paulo. Desde 2011 com edição em Curitiba, o festival traz diversos curtas.

Os Audiovisuais acompanham o desenvolvimento do mercado brasileiro, aproximando os filmes e vídeos dos festivais que se espalham pelo mundo. Após a exibição de cada sessão, são realizados debates sobre os filmes apresentados, com o intercâmbio de experiências culturais, econômicas e políticas relacionadas ao curta-metragem.

Hoje inicio a apresentação de quatro dos muitos filmes que tive o prazer de ver em Curitiba no Kinoforum.

Montanha em Sombra trazia somente o visual, sem a utilização de sons, optando por uma linha de moldura onde as imagens apareciam como se em uma tela de pintura.

O filme apresenta dois aspectos de semelhança: Um ao qual me chamou a atenção foi a semelhança das imagens vistas de longe com um formigueiro, onde as formigas saem incessantemente para procurar alimentos para sua sobrevivência e que visto de longe na imagem lembrava por similaridade, mas conforme a imagem se aproximava era apresentada a realidade de pessoas andando de um lado para o outro, o que retrata nossa vida caótica e agitada sem tempo para nada da atualidade, os lados de montanhas, sombra e claridade mostra como somos instáveis, como as circunstâncias nos modificam, fazendo as pessoas estarem hora bem ou mal e nos revelando nosso lado amigável e nosso lado ruim.

Este é um festival que vale a pena conferir, tanto em Curitiba quanto em São Paulo!

Direção: Lois Patiño

Ano: 2013

Gênero: Documentário

Filme O Grande Hotel Budapeste

IMG_5283

Uma obra belíssima, livremente inspirada em textos de Stefan Zweig, poeta e dramaturgo austríacoA trilha sonora de Alexandre Desplat é fascinante e conduz a história com delicadeza e humor. Esteticamente o filme apresenta detalhes muito especiais, a direção de arte impecável em cada detalhe, desde chaves compostas nas paredes até tapetes lembrando obras de arte; figurinos impecáveis que inclusive ganharam destaque no filme e levaram o oscar de melhor figurino e cenário que inclui fotografias estáticas para exemplificar as narrações e a riqueza de detalhes quando se trata do interior do hotel. Uma iluminação por vezes amarelada por se tratar de lembranças e em outras escuras ou claras, sempre compatíveis com as cenas . camêra enquadrada no personagem que aos poucos vai abrindo de acordo com as falas mostrando o cenário ao fundo e reforçando o papel do personagem que é um escritor cercado por livros em um escritório, tal escritor é Zero, o personagem que acompanha Gustave em sua jornada.

Um ponto importante se dá no bigode usado por Zero, desenhado de lápis preto mas que gera um erro de continuidade no filme, pois em momentos o personagem aparece com o bigode e nas cenas seguintes aparece sem e depois volta a utilizá-lo, mesmo em momentos em que não aparece pintando o bigode novamente.

Enfim um filme divertido, emocionante, confuso por vezes mas que vale a pena conferir, os atores estão impecáveis.

Ano: 2014

Direção: Wes Anderson

Gênero: Comédia; Drama; Policial

Filme Loucas pra Casar

loucas pra casar

Nem tudo é o que parece ser…

Uma comédia por vezes engraçada mas nada que faça morrer de rir com o filme. Loucas pra Casar conta com o auxílio de planos e ângulos mais fechados, closes em determinados momentos para deixar um clima mais próximo e íntimo e planos abertos para mostrar o espaço de cena e a visão dos personagens, suas perspectivas.

Algo que marca o filme é a trilha sonora escolhida, em inúmeras cenas é a música Happy. Do mesmo diretor de De pernas pro ar, o filme Loucas pra Casar traz um lado interessante do amor. Com roteiro fraco e sem muitas novidades, apresenta diversos clichês de clássicos filmes de romance ou comédia romântica e se sustenta no final com um desfecho inusitado.

Diversas mulheres se dividem entre casa, família, trabalho e amor e isso as faz serem muitas em uma só. Apresenta essa multiplicidade que há em cada uma de forma a se fazer refletir até que ponto o ser humano em geral se conhece e até que ponto ele sabe do seu potencial, o que realmente quer da vida, pontos fortes e fracos e de todas as personalidades que possui dentro de si, mostrando o conflito com o eu interior. O longa acerta na escolha do elenco que consegue segurar o filme até o final, contando com a reviravolta no roteiro.

Ano: 2015

Direção: Roberto Santucci

Gênero: Comédia

Filme Maria Antonieta

filme maria antonieta

O filme Maria Antonieta, 2005, é uma adaptação do livro sobre a Princesa. Sofia Coppola traz no filme a excentricidade da monarquia em meio aos conflitos de vida de Maria Antonieta através de uma pequena demonstração da revolução francesa.

Mais do que a história, o filme chama a atenção por seus figurinos, que são imponentes e volumosos; o cenário exuberante e histórico, onde a história se passa em 1768 e o filme traz carruagens com detalhes em ouro, rico em suas essências e com uma direção de arte e cenografia impecável.

Maria Antonieta apresenta planos sequência, cortes rápidos e transições entre as cenas, closes, cenas abertas primeiro e segundo plano, contando também com uma belíssima fotografia. A maquiagem também é bastante marcante, forte e com bochechas rosadas e as perucas usadas são bastante exuberantes.

A trilha segue o ritmo do filme e revela os sentimentos dos personagens através dela. Deve ser observado também que a revolta no filme mostra o declínio da monarquia e a destruição do castelo. Vale lembrar que em 2007 o filme ganhou o prêmio Oscar de melhor figurino; e foi indicado ao prêmio Bafta com direção de arte, figurino e maquiagem.

Direção: Sofia Coppola

Ano: 2007

Gênero: Biografia/Drama/Histórico

Filme: Birdman – A inesperada virtude da ignorância

birdman

Birdman faz uma análise sobre o trabalho do ator como a fama a qualquer custo e o deslumbre podem corroer uma pessoa, com narrativas profundas e completamente amarradas a trama, o filme nos brinda com um roteiro delicioso e por vezes sarcástico. Uma crítica ao consumo atual em diversos países, sobre como as pessoas estão cada vez mais consumindo programas televisivos e diversas outras coisas pouco criativas de forma intensa.

A voz que aparece junto ao ator como uma consciência, por vezes ilusão em outras aparente realidade faz parte do próprio personagem, uma parte dele que não o deixa esquecer seu famoso super herói Birdman, que aparece por imagens e através da voz. O filme traz um presente de imagens e fotografias minunciosas, algumas azuladas ou amareladas que dão sequência e tem um relevante significado na trama. Birdman segue contando com diversos planos, dentre eles planos fechados mostrando mais o personagem e seu campo de visão. Nas cenas que em sua maioria acontecem no teatro um plano sequência em tom de mistério e investigação, cenas escuras, plongeé e contraplongeé são usados quase que simultaneamente quando o personagem descobre que não pode se afastar do herói que fez sua história começar.

Um filme com tantos atributos só poderia ter obtido um resultado como o que teve, quatro prêmios no mais famoso prêmio do mundo do cinema – o Oscar – Birdman ganhou como melhor filme, melhor roteiro original, melhor diretor e por fim melhor fotografia.

Direção: Alejandro González Iñárritu

Ano: 2015

Gênero: Comédia; Drama

Filmes premiados – OSCAR 2015 (Parte I)

filme birdmanBirdman

 O favorito para ganhar de melhor filme, levou a estatueta e foi um dos grandes campeões da noite com 4 prêmios: melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro original e melhor fotografia.

Sinopse: No passado, Riggan Thomson (Michael Keaton) fez muito sucesso interpretando Birdman, um super-herói que se tornou um ícone cultural. Entretanto, desde que se recusou a estrelar o quarto filme com o personagem sua carreira começou a decair. Em busca da fama perdida e também do reconhecimento como ator, ele decide dirigir, roteirizar e estrelar a adaptação de um texto consagrado para a Broadway. Entretanto, em meio aos ensaios com o elenco formado por Mike Shiner (Edward Norton), Lesley (Naomi Watts) e Laura (Andrea Riseborough), Riggan precisa lidar com seu agente Brandon (Zach Galifianakis) e ainda uma estranha voz que insiste em permanecer em sua mente.

filme teoria de tudoA teoria de tudo

Anteriormente já havia analisado este filme (aqui), A Teoria do Tudo concorreu em algumas categorias mas levou a estatueta somente como melhor ator o que foi mais que merecido.

Sinopse: Baseado na biografia de Stephen Hawking, o filme mostra como o jovem astrofísico (Eddie Redmayne) fez descobertas importantes sobre o tempo, além de retratar o seu romance com a aluna de Cambridge Jane Wide (Felicity Jones) e a descoberta de uma doença motora degenerativa quando tinha apenas 21 anos.

filme para sempre alicePara sempre Alice

Ganhadora do Oscar de melhor atriz Julianne Moore brilha na pele de Dra. Alice.

Sinopse: A Dra. Alice Howland (Julianne Moore) é uma renomada professora de linguistica. Aos poucos, ela começa a esquecer certas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan. Ela é diagnosticada com Alzheimer. A doença coloca em prova a força de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John (Alec Baldwinse), fragiliza, ela e a filha Lydia (Kristen Stewart) se aproximam.

filme whiplashWhiplash

Filme indicado em algumas categorias que levou o Oscar de melhor ator coadjuvante com o ator veterano J.K. Simmons e mixagem de som.

Sinopse: O solitário Andrew (Miles Teller) é um jovem baterista que sonha em ser o melhor de sua geração e marcar seu nome na música americana como fez Buddy Rich, seu maior ídolo na bateria. Após chamar a atenção do reverenciado e impiedoso mestre do jazz Terence Fletcher (JK Simmons), Andrew entra para a orquestra principal do conservatório de Shaffer, a melhor escola de música dos Estados Unidos. Entretanto, a convivência com o abusivo maestro fará Andrew transformar seu sonho em obsessão, fazendo de tudo para chegar a um novo nível como músico, mesmo que isso coloque em risco seus relacionamentos com sua namorada e sua saúde física e mental.

Boboyhoodyhood – da infância à juventude

O filme foi filmado por doze anos com o mesmo elenco e ganhou o prêmio de melhor atriz coadjuvante pelo trabalho de Patricia Arquette.

Sinopse: O filme conta a história de um casal de pais divorciados (Ethan Hawke e Patricia Arquette) que tenta criar seu filho Mason (Ellar Coltrane). A narrativa percorre a vida do menino durante um período de doze anos, da infância à juventude, e analisa sua relação com os pais conforme ele vai amadurecendo.

filme jogo da imitaçãoO jogo da imitação

Filme do mesmo diretor de A TEORIA DO TUDO, o jogo da imitação ganhou como melhor roteiro adaptado.

Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial, o governo britânico monta uma equipe que tem por objetivo quebrar o Enigma, o famoso código que os alemães usam para enviar mensagens aos submarinos. Um de seus integrantes é Alan Turing (Benedict Cumberbatch), um matemático de 27 anos estritamente lógico e focado no trabalho, que tem problemas de relacionamento com praticamente todos à sua volta. Não demora muito para que Turing, apesar de sua intransigência, lidere a equipe. Seu grande projeto é construir uma máquina que permita analisar todas as possibilidades de codificação do Enigma em apenas 18 horas, de forma que os ingleses conheçam as ordens enviadas antes que elas sejam executadas. Entretanto, para que o projeto dê certo, Turing terá que aprender a trabalhar em equipe e tem Joan Clarke (Keira Knightley) como sua grande incentivadora.

*Hoje o post foi mais uma vez meu (Loana), trazendo um resumo dos filmes vencedores do Oscar. Você pode ver o resumo feito durante a semana mostrando todos os ganhadores aqui, e amanhã entra no ar a parte II dos resumos, para finalizar o Oscar 2015!